Arquivo da Categoria: Armandinho Macêdo

Armandinho Macêdo (2014 – guitarra baiana)

capa“Guitarra Baiana” – O novo CD de Armandinho
O novo trabalho compõe as comemorações pelos 50 anos de carreira do artista.
Depois do sucesso no projeto “Armandinho 50 Carnavais” realizado no Clube Fantoches, que recebeu ícones da música brasileira nacional e do Carnaval de Salvador, Armando Macêdo lançará o novo CD “Guitarra Baiana”, que compõe as comemorações pelos 50 anos de carreira do artista em 2014. O lançamento será realizado no Teatro Rival Petrobrás (Rio de Janeiro) e no Teatro Castro Alves (Salvador).
Gravado em três etapas, Sesc Belenzinho (São Paulo), Unidade Móvel Pé na Areia (Salvador) e no Teatro Rival Petrobrás (Rio de Janeiro) em 2013, o disco recebe o selo da gravadora Biscoito Fino, com direção musical de Yacoce Simões e composto por 12 faixas, sendo duas delas com participações especiais do Maestro Spock na música “Dança do Tempo” e do guitarrista David Moraes na música “Taiane”.
O disco recebe o nome do instrumento batizado por Armandinho. Derivado do antigo Pau Elétrico, criado pela dupla “Dodô e Osmar”, a Guitarra Baiana recebeu mais uma corda e um mestre, que com atrevida maestria e inconfundível identidade apresenta performances surpreendentes que vão desde o rock ao chorinho, do frevo ao jazz, engrandecendo a MPB.

2014 – Nos 50 anos de carreira de Armandinho foram programados diversos eventos que exalta a carreira do artista de relevância internacional. Além do “Armando Convida – 50 Carnavais”, que recebeu artistas como Daniela Mercury, Geraldo Azevedo, Carlinhos Brown, Fafá de Belém, Chico César, Saulo e Jorge Vercilo, além dos grupos Olodum, Ilê Aiyê e Cortejo Afro, também em 2014, será lançado o CD/DVD “Sinfonia Afro Guitarra Baiana”, onde Armandinho grava clássicos com sua Guitarra Baiana, e conta com as participações de blocos afros de Salvador a exemplo de: Olodum, Filhos de Gandhi e Cortejo Afro, além de uma Orquestra Sinfônica. O ano conta também com o projeto “Armandinho toca Caymmi”, uma homenagem a Dorival Caymmi, que este ano celebraria cem anos.

Dáumload