Arquivo da Categoria: Kaya na Real

Kaya na Real (2017- Sinta Outra Realidade)

A palavra kaya, de origem budista, significa corpo ou manifestação. O nome Kaya Na Real sugere que o público aguce o senso crítico e conviva melhor consigo e com o meio em que está inserido. A banda, que surgiu em 1994, foi uma das pioneiras do reggae pernambucano. Na época, alcançou excelente projeção com a realização de shows, chegando a gravar quatro demo tapes.

Entre a metade dos anos 90 até 2006, abriu shows para ícones do reggae nacional e internacional que passaram pelo Recife, a exemplo de Cidade Negra, Pato Banton, Chico Science & Nação Zumbi, Alpha Blondie, The Wailers, Culture, Tribo de Jah e Jimmy Cliff. Também participou de duas coletâneas nacionais de reggae lançadas pela antiga gravadora Paradoxx Music (SP) e de importantes festivais realizados no Nordeste – é o caso do Rec Beat (PE), PE no Rock (PE) e o Mada (RN), além de ter tocado em cidades brasileiras no eixo Rio-São Paulo.

Agora, vinte anos depois, a Kaya Na Real está de volta. O núcleo da formação original ganhou estradas enquanto esteve em outras experiências musicais – Alexandre MMR (guitarra e voz), produziu músicas autorais e trabalhou como como dj; Kiko Meira (bateria) e Rob Meira (baixo) foram tocar na banda Eddie, onde estão até hoje. E nesse retorno à cena, trazem sangue novo e essências que só somam.

As influências artísticas continuam sendo um diferencial da banda. Lee Perry, Jorge Ben, Fela Kuti e Specials, sonoridades do punk dos anos 70 e 80, como The Clash, “pegadas” de Sly & Robbie do Black Uhuru e até uma dose de rock´n’roll com guitarras distorcidas e nuances psicodélicas, presentes no estilo dub jamaicano.

Dáumload