Arquivo da Categoria: Sérgio Mendes

Sergio Mendes & Bossa Rio (1962 – Você Ainda Não Ouviu Nada)

Você Ainda Não Ouviu Nada!, Sérgio Mendes & Bossa Rio (Dubas Música) – Espécie de embaixador da bossa nova no exterior, Sérgio Mendes é, antes de tudo, um dos instrumentistas e arranjadores mais criativos da história desse gênero musical. O melhor exemplo de seu talento está nesse clássico de 1963, que passou décadas fora de catálogo no Brasil. Foi esse o disco que credenciou Mendes para sua celebrada carreira internacional. Nele se podem ouvir, incrementados, hits como Desafinado (a quilômetros de distância do banquinho e do violão de João Gilberto), Corcovado e Ela É Carioca – em que se destaca a bateria suingada de Edison Machado. Mas também sobrou espaço para boas composições menos conhecidas, como Primitivo e Nôa… Nôa… (ambas de Mendes) e o jazz Neurótico, do saxofonista J.T. Meirelles.

Você Ainda Não Ouviu Nada!, Sérgio Mendes & Bossa Rio (Dubas Música) – Espécie de embaixador da bossa nova no exterior, Sérgio Mendes é, antes de tudo, um dos instrumentistas e arranjadores mais criativos da história desse gênero musical. O melhor exemplo de seu talento está nesse clássico de 1963, que passou décadas fora de catálogo no Brasil. Foi esse o disco que credenciou Mendes para sua celebrada carreira internacional. Nele se podem ouvir, incrementados, hits como Desafinado (a quilômetros de distância do banquinho e do violão de João Gilberto), Corcovado e Ela É Carioca – em que se destaca a bateria suingada de Edison Machado. Mas também sobrou espaço para boas composições menos conhecidas, como Primitivo e Nôa… Nôa… (ambas de Mendes) e o jazz Neurótico, do saxofonista J.T. Meirelles.

Dáumload