Arquivo da Categoria: Tonho Crocco

Tonho Crocco (2016 – Das Galáxias)

Com produção assinada por MoMo King, o cantor, compositor e instrumentista Tonho Crocco, também vocalista do grupo gaúcho de pop rock Ultramen, faz um convite a uma viagem intergalática em seu novo trabalho-solo, intitulado Das Galáxias.

O segundo disco solo de Tonho Crocco traz em sua faixa de abertura “O Corpo e Seus Limites”, um drum’ bass gravado com dezenas de canais de beatbox.

Dando o tom dançante da obra, com influências de afrobeat e outras combinações da música africana, a canção “Baobá” tem a participação do cantor e compositor de rap e hip hop BNegão.

“Zerado o Placar” a terceira das nove faixas que compõem o disco, foi escolhida como single de abertura por representar as suas influências internacionais e, principalmente, a escola do soul brasileiro, consolidada pelos cantores e compositores Tim Maia e Cassiano – inspirações que o artista leva desde o início da carreira. A balada soul, que tem a participação de Camila Lopez e Eduardo Pitta nos vocais, ganhou um videoclipe lançado em 26 de agosto.

A instrumental “ARP 87” traz referências do renomado maestro, arranjador, instrumentista Lincoln Olivetti e da banda carioca  Black Rio.

”Das Galáxias” – faixa que dá nome ao disco – e ”Águas e Quebradas” exaltam a influência de swing/samba/rock de Tonho Crocco, adquiridas por meio de expressivos nomes da música brasileira, como Luís Vagner e Bedeu.

Eduardo Pitta também divide a autoria do samba de breque “O Bonde da História” e engrossa os vocais no samba “É com Jabá” que, além de Crocco, tem a letra assinada por Carlinhos Presidente.

O álbum de estética solar termina com “Além dos Meus Lençóis” um samba-canção que bem poderia ser a trilha de algum caso de amor perdido pela Cidade Baixa.

Para Tonho Crocco, “cada pessoa é um universo, um microcosmo à procura de felicidade e amor. A beleza disso é justamente a possibilidade desse encontro. Desse eterno ballet celestial das galáxias”. E é justamente este efeito que o cantor gaúcho propõe causar com o seu novo trabalho.

Além de Crocco (voz, guitarra e teclado), a obra é acompanhada pela Banda Partenon 80, formada por Everton Velasquez (baixo), Marco Farias (teclado), Gelson Ribeiro (bateria), Bruno Coelho (percussão), Roberto Scopel (trompete), Dejeane Arruee (trombone), Rodrigo Siervo (saxofone e flauta).

O projeto, que inclui a gravação do disco e shows de lançamento em três cidades, foi contemplado pelo edital Natura Musical Rio Grande do Sul 2015.

Dáumload

Tonho Crocco (2011 – O Lado Brilhante da Lua)

Gravado e mixado em Porto Alegre por Gilberto Ribeiro, o disco foi masterizado por Júlio Porto (guitarrista da Ultramen) e Alex Wharton no Abbey Road Studio/London com produção de MoMo King.

“O Lado…” contém 10 faixas que passeiam por estilos como afrobeat, soul e samba e 9 delas foram compostas por Tonho, que tocou guitarra, violão e teclado, além de fazer os vocais e os arranjos de sopro. É o lançamento deste trabalho que vem mostrar aos cariocas no final do mês de abril.

Tonho Crocco assumiu os vocais da Ultramen em 1991 e com a banda ficou por 18 anos e produziu 5 discos entre 1998 e 2006. Compôs vários hits da Ultramen (como “Dívida”, que alcançou as paradas através de uma participação especial do Falcão d’O Rappa) e o recesso do grupo por tempo indeterminado não tirou sua capacidade vital de trabalhar com música. Entre 2009 e 2010 lançou um repertório autoral e caiu na estrada tocando em bares, pubs e casas de shows em Nova Iorque, Londres, Paris e Barcelona.

Download

Tonho Crocco (2009 – Teto Solar)

Tonho Crocco é o vocalista da banda Ultramen, que ficou muito conhecida com a música “Dívida”, tendo participação de Falcão do Rappa dividindo o vocal com Tonho e que tocou bastante nas rádios do Brasil! Tonho compôs vários hits da Ultramen (Dívida, Peleia, Santo Forte…) e a parada da banda por tempo indeterminado não tirou sua capacidade vital de trabalhar com música. Cinco dias depois do último show da Ultramen, partiu para uma temporada de seis meses em Nova York. Vale a pena conhecer a banda e ouvir esse novíssimo EP, entitulado de “Teto Solar”.